Jorge Jesus tem primeira conversa com Landim sobre oferta do Benfica e indica permanência no Flamengo




O técnico do Flamengo, Jorge Jesus, quebrou o silêncio que gerava apreensão na diretoria do clube. Em jantar reservado na quinta-feira, no Rio de Janeiro, que reuniu apenas o treinador e o presidente Rodolfo Landim, Jorge Jesus comunicou oficialmente ao dirigente sobre o interesse do Benfica mas, ao mesmo tempo, tranquilizou o presidente.


Jorge Jesus com a camisa 2021 na ocasião de sua renovação de contrato — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo



Foi a primeira manifestação de Jorge Jesus a um dirigente do Flamengo desde que as notícias sobre o desejo do Benfica em contratá-lo começaram a ser publicadas em Portugal. No entanto, segundo apurou o GloboEsporte.com, o técnico reafirmou vontade de seguir com o projeto no Flamengo. Ele renovou contrato, no mês passado, até junho de 2021.


Jorge Jesus segue firme no compromisso com o Flamengo e não cogita deixar o clube


Pessoas ouvidas pela reportagem em Portugal e no Brasil dizem que o técnico tem demonstrado duas irritações. A primeira com o fato de ter perdido a final da Taça Rio para o Fluminense, o que forçou a decisão do estadual em dois jogos. Além de garantir logo a conquista do Carioca, Jorge Jesus queria executar o planejamento elaborado pela comissão técnica rubro-negra: férias para os jogadores e um período de treinos antes de iniciar o Brasileirão, previsto para começar no dia 9 de agosto.



A segunda diz respeito às notícias do assédio ao Benfica ao treinador. Há 15 dias, jornais de Portugal noticiam a tentativa do Benfica em contar novamente com Jorge Jesus. O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, é amigo pessoal de Jorge Jesus e possui longa relação profissional com o técnico. Vieira era o presidente do Benfica nas seis temporadas em que Jesus comandou o clube. Juntos, conquistaram três títulos do campeonato português.


Nos últimos dias, o treinador também sinalizava incômodo com a falta de perspectiva de retomada das principais competições do ano. No entanto, nesta quinta, a CBF confirmou o Brasileirão entre agosto e fevereiro de 2021 e, nesta sexta-feira, a Conmebol definiu retorno da Libertadores para o dia 15 de setembro, como adiantou o jornal "O Globo".


A final da competição está prevista para janeiro do ano que vem. O técnico mantém a ideia de passar uns dias em Portugal após o fim do Carioca, na próxima quarta, dia 15. É nesse período que o Benfica pretende se reunir com o treinador e seu empresário, o português Bruno Macedo, para tentar convencê-lo a mudar de ideia.


Flamengo e Fluminense começam a decidir o Carioca 2020 neste domingo, a partir das 16h, no Maracanã, com mando do Tricolor. Na quarta-feira, às 21h30, também no Maracanã, o mando é do Flamengo.


Fonte-gloesporte
blog-paulodesouza.digital




Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital