Prefeitura de Barreiras repudia denúncia caluniosa sobre descarte irregular de medicamentos e registra ocorrência na polícia






A Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, manifestou repúdio à denúncia caluniosa sofrida neste sábado (18) através da divulgação de vídeos em redes sociais, sobre o suposto descarte irregular de medicamentos por indivíduos que têm unicamente interesse político eleitoreiro, sendo seus autores pré-candidatos a vereador e prefeito no município de Barreiras.


Na oportunidade, esclareceu à sociedade barreirense que quando ocorre o vencimento de algum medicamento seu descarte é realizado devidamente acondicionado em bombonas (frascos bojudo destinado ao transporte e armazenamento de gases, produtos químicos e outros), realizado por empresa contratada pelo município por meio de processo licitatório a qual realiza o descarte de forma adequada e seguindo as normas do Ministério da Saúde.


A prefeitura esclareceu ainda que a coleta de medicamentos nas Unidades de Saúde é realizada semanalmente e que nos vídeos exibidos do material em frente à sede da Central de Abastecimento Farmacêutico – CAF, trata-se exclusivamente de caixas de papelão sem medicamentos, uma vez que na condição de central de abastecimento, a CAF recepciona inúmeros lotes e distribui entre as unidades de saúde, sendo comum o descarte de caixas com etiquetas e prazo de validade vigente.


Já a presença de aplicadores de cremes vaginais, o poder publico explicou que trata-se de um material excedente, que acompanha a compra dos medicamentos (metronidazol ou miconazol) sendo encaminhados juntamente com os referidos cremes, não trazendo prejuízo para o município. Em virtude dos aplicadores serem de plástico e sem contato com medicamentos, seu descarte é realizado através do lixo comum, uma vez que não é caracterizado como lixo hospitalar. Esclarece também que o material apresentado nos vídeos, trata-se de materiais recicláveis, que podem licitamente serem descartados como lixo comum, não havendo necessidade de onerar ainda mais o Município com o seu rejeito.


Dessa forma, a Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria de Saúde, registrou um Boletim de Ocorrência sob nº 1ªDT BARREIRAS-BA-20-04876, de 18 de julho de 2020, para buscar a reparação moral e condenação criminal daqueles que acham que podem no limiar de um processo político eleitoral, usar de Fake News e denúncias caluniosas para manchar segundo ainda a prefeitura, a integridade da gestão municipal, que oportunamente serão intimados a provar em juízo o quanto denunciam


fonte- Secretaria municipal de Saude


blog paulodesouza.digital

Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital