PARCEIROS

Educação de Cristópolis dribla pandemia com Ensino Remoto

 Com 100% dos alunos atendidos em 2020, o município foi um dos poucos do oeste que conseguiu fechar o ano letivo no prazo determinado



A pandemia do novo coronavírus mudou a forma do mundo viver. As escolas foram todas fechadas para preservar a saúde dos alunos e dos profissionais da área.  Em Cristópolis, no oeste baiano, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação, tomou medidas rápidas e viabilizou ferramentas para que crianças e adolescentes seguissem aprendendo. Assim, implantou em toda rede municipal o ‘Ensino Remoto’, uma modalidade de ensino domiciliar, que possibilita que as aulas/atividades sejam levadas aos alunos em suas casas. Com isso, o ensino alcançou 100% dos alunos da rede municipal e terminou o ano letivo dentro do prazo previsto, sem prejuízos para os alunos.


“Com a agilidade de todos os profissionais envolvidos, conseguimos alcançar todos esses alunos, da sede à zona rural. Nos tornamos referência nessa modalidade de ensino e hoje somos consultados sobre o assunto até mesmo por comissões a nível estadual”, diz o secretário de Educação, Flávio Vasco.


Para que o Ensino Remoto desse certo, a Secretaria de Educação aprimorou a estrutura e equipou com impressoras de grande porte, ampliou a frota de carros, dentre outras ações que deram suporte às escolas. “Foram precisos investimentos que viabilizassem a logística dos módulos de atividades impressas em todo o município. Existem lugares de difícil acesso. Mesmo nesses lugares nós chegamos com todo o material”, explica o secretário.


O município de Cristópolis possui cerca de 2500 alunos,  170 professores, 12 coordenadores, 10 diretores, dentre vários outros profissionais envolvidos no setor. “Durante a pandemia não dispensamos nenhum profissional da educação. Do professor à merendeira todos foram envolvidos no Ensino Remoto e, mesmo com todas as dificuldades financeiras que o município enfrentou, todos eles permaneceram trabalhando”, disse o prefeito Gilson Nascimento.



Suporte Psicoeducacional - Paralelo ao trabalho remoto também aconteceu o atendimento psicoeducacional. Segundo o psicólogo escolar, Rafael Mendes, esse suporte foi crucial para o bom desenvolvimento dos trabalhos. “Durante todo esse período atendi alunos, professores e outros profissionais da educação que necessitavam desse suporte. Essa pandemia afetou muito a vida das pessoas e, infelizmente, também na área da educação”, disse o psicólogo. Cerca de 30 pessoas foram acompanhadas durante esse período.



Educação 2021 – O município já se prepara para o próximo ano letivo, previsto para iniciar em 1º de março. “Não temos ainda certeza de como vai ser. Mas, a pandemia tem nos ensinado a estarmos prontos para todas as situações. Estamos estudando a melhor forma de conduzir esse novo ano e tenho certeza que dará tudo certo”, finalizou o secretário.


Atualmente, as escolas do município estão realizando as matrículas 2021, que vão até dia 05 de fevereiro. Maiores informações na Secretaria de Educação.

 


Virgília Vieira – Ascom Prefeitura de Cristópolis

Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital