PARCEIROS


Butantan recebe 8,2 mil litros de insumo para 14 milhões de doses



Uma nova remessa de matéria-prima para produção da Coronavac chegou ao país nesta quinta-feira (4). A carga, de 8,2 mil litros do insumo necessário para a fabricação da vacina, foi transportada da China para o aeroporto de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo.

A carga segue agora para o Instituto Butantan, que vai envasar as vacinas. Essa é a maior remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), recebida até agora pelo Instituto.
O volume é suficiente para produzir 14 milhões de doses da Coronavac. Com essas doses, o Butantan chega a um total de 35 milhões de doses fornecidas ao Programa Nacional de Imunização.
O primeiro contrato com o Ministério da Saúde prevê a entrega de 46 milhões de doses. A estimativa do Butantan é entregar todas as doses até o dia 30 de abril. Um segundo contrato prevê a compra de 54 milhões de doses, o que deve acontecer até o final de agosto. Ao todo serão 100 milhões de doses fornecidas ao SUS.

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, o secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, e o governador João Dória acompanharam o desembarque da carga. Dória lembrou que o país vive o momento mais crítico da pandemia, e que as vacinas são o único caminho para conter a pandemia. A carga com a matéria-prima veio da China, fez uma escala em Helsinque, na Finlândia, outra em Lisboa, em Portugal, e desembarcou em Guarulhos.

Agência Brasil

Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital