PARCEIROS


Poupança registra mais saques que depósitos pelo 2º mês consecutivo, VEJA MAIS DETALHES

Foram mais de R$ 5,8 bilhões de saldo negativo em fevereiro


A poupança teve mais retirada do que depósitos pelo segundo mês consecutivo. Foram mais de R$ 5,8 bilhões de saldo negativo entre depósitos e retiradas em fevereiro.

De acordo com o Banco Central, a retirada líquida no segundo mês do ano foi a maior registrada para meses de fevereiro desde 2016, quando os investidores sacaram R$ 6 bilhões 640 milhões a mais do que tinham depositado.

Conforme o Banco Central, em fevereiro de 2021, foram depositados na poupança R$ 239 bilhões, enquanto os saques alcançaram R$ 245 bilhões.

Em fevereiro do ano passado, por exemplo, os brasileiros retiraram R$ 3 bilhões e 500 milhões a mais do que depositaram na caderneta de poupança..

Tradicionalmente, o primeiro bimestre é marcado por maior retirada da poupança por causa de despesas extras das famílias, como pagamento de impostos e gastos com material escolar.

Os parcelamentos das compras de Natal também impactam as contas dos brasileiros no início de cada ano.

Agência Brasil

O total depositado anualmente na poupança em todo país chegou a chega a R$ 1 trilhão e 14 bilhões.

A poupança é um rendimento seguro, mas de baixa rentabilidade. Em fevereiro, o rendimento foi 0,11%. Em 12 meses, o valor acumulado chega a 1,82%.

Em 2020, a poupança bateu o recorde de investimento da série histórica, tendo captado R$ 166 bilhões, principalmente pelo pagamento do auxílio emergencial para mais de 60 milhões de pessoas durante a pandemia.


Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital