PARCEIROS


Custo da energia elétrica estará mais caro em maio



O custo da energia estará mais caro em maio. É que a Aneel passou a bandeira tarifária de amarela para vermelha. Com isso, a conta vai ter um acréscimo de R$ 4,16 a cada 100 kilowatts/hora de consumo.


Esse sistema de bandeiramento foi criado em 2015 e sinaliza o custo real da energia gerada. Ela é dividida em verde, amarela ou vermelha. Quando a bandeira é verde, o custo da conta não tem alteração. Com a amarela, o acréscimo é de R$ 1,35 a cada 100 kilowatts/hora consumidos; e quando a bandeira está vermelha, o aumento na tarifa é maior.

Vale sempre lembrar a importância de se economizar energia. São aquelas precauções básicas: não deixar luzes acesas desnecessariamente, tomar banhos mais curtos, deixar o chuveiro numa potência mais baixa pode ajudar também.

Quem tem ar-condicionado, é bom evitar deixar janelas abertas e manter os filtros limpos para o aparelho trabalhar sem sobrecarga. E atenção com a geladeira: deixar a porta aberta é desperdício de energia na certa.

E uma coisa que muita gente não sabe é que os aparelhos em modo stand-by também gastam energia. Menos do que quando estão ligados, mas gastam. E isso tudo pode impactar na conta de luz, no fim do mês.


RADIOAGENCIA NACIONAL