PARCEIROS


SESAB publica Nota equivocada ao afirmar que paciente falecido não constava na regulação de UTIs*




Albanir Pinheiro, de 52 anos, faleceu enquanto estava hospitalizado na Unidade de Controle da Covid-19 – UCC de Luís Eduardo Magalhães, 967 km da capital baiana. 

O paciente aguardava por uma vaga na UTI desde a última segunda-feira (17), segundo familiares.


De acordo com Ludmila Pinheiro, filha do paciente, ele foi intubado ainda na segunda, mas o quadro de saúde dele não melhorou. 

Albanir passou três dias à espera de um leito de UTI em Barreiras, que fica na mesma região.


De acordo com uma matéria publicada no Portal G1 a SESAB – a Secretaria de Saúde da Bahia, afirmou em nota que "não constam solicitações no sistema da Central Estadual de Regulação referentes a este paciente". 

A nota afirma que "para que haja transferência de pacientes, a unidade de origem precisa inserir o relatório médico no sistema da central, que a partir daí busca uma unidade que atenda o perfil".


A informação publicada em Nota pela SESAB foi desmentida pela Secretária Municipal de Saúde, que apresentou uma fotografia da tela de Regulação onde aparece o nome do paciente. “Não entendi o que foi publicado em Nota pela SESAB. 

O fato é que existia uma solicitação em nome do paciente Albanir Luís Pinheiro. A prova está no sistema e pode ser facilmente comprovado. 

Houve um grave erro de informação por parte da Secretaria Estadual”, disse Gabriela Izoton, Secretária de Saúde de Luís Eduardo Magalhães.

Fonte Ascom Lem 

Blog do Paulo de Souza.