PARCEIROS


Em alta e arrasador na Copa do Brasil, Bahia pega o Vila Nova em busca de vaga nas oitavas de final

Nos dois primeiros jogos na competição, Tricolor marcou 11 gols e sofreu dois; time vem com ataque e defesa em alta.


Felipe Oliveira/EC Bahia.




Após estrear bem na Série A do Campeonato Brasileiro, com vitória por 3 a 0 sobre o Santos, o Bahia chega embalado para o jogo desta terça-feira, contra o Vila Nova, pela terceira fase da Copa do Brasil. E o retrospecto ainda fica mais positivo se for levar em conta o que fez o time nos primeiros jogos na competição.


A partida está marcada para as 16h30 (horário de Brasília), no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. O jogo de volta acontece no dia nove deste mês, às 19h, em Pituaçu.

Nos duas primeiras fases da Copa do Brasil, o Bahia passou por Campinense e Manaus com 11 gols marcados e dois sofridos (média de 5,5 gols por jogo). E, não à toa, Rossi é o artilheiro da competição com quatro gols marcados, ao lado de Vanilson, do Manaus, que já foi eliminado.


Mas não é só o ataque que vai bem no Bahia. Na zaga, Conti é um dos pilares da equipe e Juninho ganhou regularidade, com bons jogos e elogios do técnico Dado Cavalcanti. O defensor já tem dois gols na temporada.


E com o time bem, o mais natural é que Dado repita a escalação do último jogo. Por isso, o provável Bahia para logo mais tem: Mateus Claus, Renan Guedes, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Daniel e Thaciano; Rodriguinho, Rossi e Gilberto.
Time provável do Bahia para enfrentar o Vila Nova — Foto: ge

O Jogo

Vila Nova x Bahia, 3ª fase da Copa do Brasil
Quando: terça-feira, 1º de junho;
Onde: estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, Goiânia;
Horário: 16h30 (horário de Brasília);
Time provável: Mateus Claus, Renan Guedes, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Daniel e Thaciano; Rodriguinho, Rossi e Gilberto;
Desfalques: João Pedro (machucado);
Pendurados: Matheus Bahia;
Arbitragem: Jean Pierre Goncalves Lima (RS) apita o jogo auxiliado por Lucio Beiersdorf Flor(RS) e Andre da Silva Bitencourt (RS).



 Redação do ge — Salvador