PARCEIROS

Caso DJ IVIS: Pamella afirmou que sofria agressões desde que estava grávida.

 Medo e dependência financeira

No "Encontro", Pamella afirmou que sofria agressões desde que estava grávida. Ela disse que não havia denunciado o caso antes porque tinha medo das reações que o DJ Ivis poderia ter e por dependência financeira.

Ela também disse que, antes de divulgar os vídeos, tentou "justificar" as agressões para si mesma pensando que aquilo fazia parte do temperamento dele.


"Eu tentava, pra mim mesma, justificar que ele fazia aquilo por causa do temperamento dele. Eu mesma queria justificar", disse Pamella na entrevista ao "Encontro com Fátima".


Outro fator que a desencorajava a denunciar o ex-marido, segundo o relatado por Pamella no programa, era a reação machista e a dificuldade em provar o caso. Após obter as provas por meio das filmagens, ela publicou o caso nas redes sociais.

O que diz DJ Ivis

Após a divulgação dos vídeos, DJ Ivis se pronunciou por meio de nota e nas redes sociais. No comunicado, falou sobre o término com Pamella, mas não mencionou as agressões.

"Infelizmente não temos vivido uma relação saudável há algum tempo e já faz uma semana que estamos separados de fato. Estamos tentando de todas as maneiras que tudo isso tenha uma solução. Temos uma filha que não precisa viver no meio de conflitos. Desde a separação, semanalmente, envio um valor para as despesas, já deixei pago pediatra e vacinas da nossa filha", disse DJ Ivis.

Já em uma série de vídeos publicados numa rede social, o artista confirmou as agressões e disse que era ameaçado. Ele não deu detalhes sobre o teor das ameaças, nem os motivos.

"Sempre tentei fazer de tudo para que isso não chegasse ao extremo. E, como eu disse, tenho como provar tudo, nada vai justificar a reação que eu tive, mas não aguentava mais ameaças."


G 1 CEARÁ

Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital