PARCEIROS


CASO DJ IVIS: Pamella fará novo exame de corpo de delito

Vídeos mostram que DJ Ivis agrediu a ex-mulher Pamella Holanda — Foto: Reprodução/Instagram/DJIvis, Pamella Holanda

A digital influencer Pamella Holanda, ex-mulher de DJ Ivis, vai fazer um novo exame de corpo de delito para que seja definida a gravidade das lesões sofridas após as agressões do artista.


O delegado adjunto do distrito que investiga o caso, Tarso Facó, informou sobre o novo exame nesta quarta-feira (14).


No último domingo, Pamella publicou vídeos em que leva chutes, socos e puxões de cabelo durante uma briga do casal. Ela fez a ocorrência no dia 3 de julho na delegacia da cidade de Eusébio, na Grande Fortaleza.


Pamella saiu do primeiro depoimento, na segunda-feira (12), com a documentação necessária para que, em 30 dias, realize um novo exame relação às agressões, de acordo com Facó.




Quem é DJ Ivis



Pamella comenta agressões em entrevista

Pamella afirmou nesta terça-feira (13), em entrevista ao "Encontro com Fátima Bernardes", que foi agredida pelo músico porque amamentou a filha quando estava diagnosticada com Covid-19. Pamella afirmou que foi orientada por seus médicos a seguir amamentando a criança, mas o cantor era contra.




"A Mel tinha quase um mês. Naquela ocasião eu estava com Covid, e todos os médicos me aconselhavam a amamentar. Ele não queria. [Ele queria] que eu não amamentasse porque disse que eu ia passar Covid", disse Pamella.


Especialistas ouvidos pelo G1 afirmam que não há evidência de que o leite materno transmite o vírus da Covid. Mulheres com suspeita ou confirmação podem manter a amamentação, desde que sigam recomendação de higiene e dos seus médicos (leia perguntas e respostas sobre o tema aqui).

Após a repercussão das imagens, DJ Ivis foi demitido de produtora em que trabalhava. Pamella recebeu apoio de famosos em manifestações nas redes sociais (leia comentários). Neste link, o G1 explica como mercado de forró reagiu aos vídeos das agressões.


G1 CEARÁ