PARCEIROS

Polícia Federal apreende celular de professor do IFBA, suspeito de cometer assédio sexual contra alunas


A Polícia Federal apreendeu, na manhã desta quinta-feira (8), o celular de um professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), no campus de Barreiras, oeste da Bahia. Ele é suspeito de assediar sexualmente alunas da instituição.


A PF detalhou ainda que o homem também assediava moralmente as estudantes, e é acusado pelo crime de coação ao curso do processo administrativo disciplinar. A operação foi batizada de Corretivo.


Em nota, o Instituto Federal da Bahia Campus Barreiras informou que já está em curso um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar a verdade dos fatos e que o mesmo segue em sigilo, de acordo com a legislação vigente.


Segundo o IFBA, a instituição tem colaborado com as investigações que seguem nos órgãos de controle administrativos internos e da justiça comum.


A gestão do campus afirmou que reafirma sua posição de repúdio a qualquer forma de assédio e tem envidado esforços no sentido de promover ações educativas de combate a esse tipo de prática, além de encaminhar as denúncias para apuração.


"Defendemos o comportamento ético no trabalho, bem como a garantia da proteção de jovens e adolescentes dentro da instituição e aguardamos a apuração das denúncias pelos órgãos competentes", disse em nota.


Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) em Barreiras — Foto: Reprodução/Redes Sociais


G1 Bahia.






Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital