PARCEIROS


Brasil garante ouro em Tóquio com futebol masculino, boxe e canoagem

Foram três ouros para o futebol, Isaquias Queiroz e Herbert Conceição



O Brasil conquistou o bicampeonato olímpico no futebol masculino na manhã de hoje. Foi numa partida emocionante, de muita disputa contra a Espanha, vencida na prorrogação. No primeiro tempo, o jogador da seleção brasileira Richarlison perdeu um pênalti, mas o Brasil se recuperou e saiu na frente com um gol de Matheus Cunha.

Aos 14 minutos do segundo tempo, a Espanha empatou com um gol do atacante Oyarzabal e o jogo ficou mais tenso. A vitória da seleção brasileira só veio no segundo tempo da prorrogação, com um gol de Malcom, fechando o placar em 2 a 1.

Teve mais medalha de ouro para o Brasil. No início da madrugada deste sábado, o país subiu no lugar mais alto do pódio com Isaquias Queiroz, da canoagem. O atleta baiano demonstrou superioridade em relação aos adversários ao longo da prova.

O também baiano Herbert Conceição conquistou a medalha de ouro na categoria até 75 quilos no boxe. Ele venceu por nocaute, no terceiro assalto, o adversário ucraniano Oleksandr Khyzniak. Herbert Conceição conta como foi para o tudo ou nada, já que havia perdido os dois primeiros rounds.

Já a seleção masculina de vôlei sofreu uma virada da Argentina e perdeu o bronze. Foi a primeira vez, desde 2004, que a equipe ficou fora do pódio dos jogos olímpicos.

Edição: Bianca Paiva / Beatriz Arcoverde

Daniella Longuinho - Repórter da Rádio Nacional - Brasília