PARCEIROS


Dezesseis vereadores votam a favor do Vale Transporte em Card e prejudicam servidores municipais




Marcando o último dia de agosto, os vereadores de Barreiras voltam a prejudicar a categoria dos servidores municipais,ex a vereadora Carmelia da Mata. 

Desta vez, 16 vereadores votaram integralmente a favor do Projeto de Lei 10/21 do Poder Executivo, que retira a pecúnia do vale transporte na folha de pagamento, para transformar em Card de transporte coletivo, obrigando o servidor a utilizar somente o coletivo durante o trabalho, mesmo que a linha coletiva não atenda as necessidades do usuário.

A Diretoria do Sindsemb  acompanhou todo processo, com apoio da presidente e também vereadora Carmélia da Mata, única edil que votou contra o PL. 

A vereadora ainda colocou uma emenda para dar oportunidade de escolha ao servidor, que optaria pelo card ou pecúnia, mas os vereadores também vetaram a emenda.

“Estamos com sentimento de revolta e ao mesmo tempo tristeza, pela atitude dos vereadores. 

Infelizmente esse é o resultado da troca de votos por benefícios pessoais, e agora, muitos servidores foram traídos, porque não podem cobrar postura dos legisladores. 

Sinceramente, perdemos tudo com os projetos 09 e 10 em 2017, e agora mais essa facada pelas costas, digo isso, porque foi colocado para votação sem comunicação e ainda, foi conduzida de forma totalmente prejudicial a todos servidores. 

Analisamos que muitos bairros não tem linha de ônibus, a exemplo do prédio da Prefeitura, não existe nenhuma linha de ônibus que passe próximo. 

Então, esse dinheiro era usado para abastecer veículos dos servidores ou até mesmo, pagar moto-táxis ou outra condução, mas cruelmente foi retirado mais esse direito”, salientou Carmélia, vereadora e presidente do Sindsemb.

Já esta circulando nas redes sociais um manifesto contra a votação favorável dos vereadores, que estão atingindo diretamente mais de 600 servidores que são beneficiários do vale transporte.

Fonte Ascom VEREADORA Carmelia da Mata