Vereadora Carmélia da Mata comenta sobre PEC dos precatórios




Uma verdadeira vergonha nacional, um despautério, um caos e derespeito com os brasileiros nesta madrugada de quinta-feira, 04 de novembro, durante a votação de 1º turno da PEC 23/21 dos Precatórios. 

É uma pauta extensa,  com muitos debates, uma colcha de retalhos, que tem inclusive foco no uso do dinheiro público para financiamento de ações assistenciais para melhorar a imagem do governo federal.


Muitos analistas políticos já dizem que a PEC dos Precatórios é mais um Mensalão, um caixa 2 que vai promover mais desigualdade do que equidade social. 

E uma parte da PEC diz respeito aos Precatórios do FUNDEB, que deveria ter parte repassado aos professores, e que agora deixa esse impasse mais longe de ser resolvido, sem dizer que os prejudicados são apenas a classe trabalhadora, os servidores, aposentados e professores.


Recebi inúmeras ligações de professores municipais questionando a postura de alguns deputados baianos votados no Oeste, que votaram a favor e  são filhos de professores. 

Entendo que os ' interesses' são latentes, mas é inadmissível votar contra o povo, contra o trabalhador, contra nossos professores. Esperamos que no 2º turno, os deputados federais pensem bem, deixem os interesses pessoais de lado e sejam mais humanos.

Estou acompanhando de perto o desenrolar dessa história, com fé em dias melhores.


Vamos na fé

A luta continua


Carmelia da Mata

Vereadora de Barreiras.

Blog do Paulo de Souza

ANUNCIE AQUI