Para Rui, decidir hoje sobre folia seria ‘extrema irresponsabilidade

 

Foto: Reprodução


















O governador Rui Costa esclareceu, em entrevista nesta terça-feira (30), que não pretende tomar uma decisão sobre o Carnaval 2022 agora. 

Falando para a Rádio Sociedade, com retransmissão para emissoras do interior, Rui informou que em um mês o número de casos ativos subiu se pouco mais de 2,3 mil em média para 3,2 mil.


“Decidir hoje, neste ambiente, seria uma extrema irresponsabilidade com a vida das pessoas, com a sociedade da Bahia. Seria jogar todo o esforço fora”. Mais cedo, o secretário da Saúde de Salvador, Leo Prates, informou que o prefeito Bruno Reis tenta marcar um encontro sobre o tema com o gestor estadual há mais de 20 dias.


Aos apresentadores Silvana Oliveira e Adelson Carvalho, Rui relatou que em um mês o número de casos ativos médio subiu de 2,2 mil para 3,2 mil e há 90 dias o eswtado oscila em torno de 200 internados em UTI. “Este número não cai”, lamentou. “Eu gostaria de responder que dia nós não teremos mais pacientes de Covid nas UTIs.”


Rui demonstrou preocupação com a nova variante, a ômicron, frisando que governos de diversos países estão adotando medidas de proteção e criticou a comparação entre shows e eventos – que poderão receber até 5 mil pessoas, segundo o decreto mais atual – e estádios de futebol, que já receberam mais de 18 mil pessoas em uma única partida, com o próprio Carnaval. 

Segundo o governador, não há como compara as competições esportivas com a folia de momo, que recebe milhões de pessoas e atrai mais aglomerações e contatos com as pessoas. “Todo mundo sabe como é Carnaval”.

Fonte Diário da notícia
Blog do Paulo de Souza






ANUNCIE AQUI