Covid: vacinas para crianças devem chegar ao Brasil dia 10 de janeiro

Anvisa já aprovou o uso do imunizante Pfizer para o público infantil





O Ministério da Saúde deve manter o entendimento de que crianças entre 5 e 11 anos de idade vão precisar de prescrição médica e autorização dos pais para se vacinarem contra a covid-19. Nesta segunda-feira (3), o ministro Marcelo Queiroga disse que o resultado da consulta pública realizada pela pasta não deve trazer grandes mudanças nessa orientação do governo.


Queiroga afirmou que a audiência pública marcada para esta terça-feira (4), para tratar do assunto, também não deve impactar a orientação do Ministério da Saúde sobre a imunização de crianças. A audiência está marcada para as 10h, e deve contar com a participação de especialistas na área de imunologia.

No dia 16 de dezembro, a Anvisa aprovou o uso do imunizante Pfizer para o público infantil, com dosagem diferente do imunizante para adultos. O ministro Marcelo Queiroga disse que as vacinas estão previstas para chegarem ao Brasil no dia 10 de janeiro.

Apesar das recomendações do Ministério da Saúde para que sejam exigidas a prescrição médica e a autorização dos pais para a vacinação de crianças, governadores de vários estados brasileiros já disseram que vão vacinar o público infantil sem a necessidade da apresentação desses documentos.


Edição: Roberto Marques Piza / Guilherme Strozi

ANUNCIE AQUI