NOTA À IMPRENSA

A Secretaria Municipal de Educação informa que os professores que aderirem à paralisação proposta pelo SINPROLEM nesta quarta-feira, dia 23 de fevereiro, terão o ponto cortado. 

Entendemos que uma discussão sobre reajuste salarial deve ser tratada em nível administrativo e não forçando a retirada de professores das salas de aula, gerando ainda mais prejuízos aos mais de 20 mil estudantes da rede municipal, após dois anos de pandemia.

Esse é um momento de fragilidade dos nossos alunos e a pauta abordada, além de não ser condizente com a realidade de ensino do município, não condiz com os interesses defendidos por sindicato de professores.

Essa é uma atitude irresponsável, tendo em vista o cenário de retomada das aulas presenciais após dois anos sem atividades. 

A administração acredita na boa e pacífica negociação salarial com a categoria, desde que a decência e a coerência façam parte desse processo. Usar alunos para fazer política salarial além de feio é inaceitável.

Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães
22/02/2022
Blog do Paulo de Souza

ANUNCIE AQUI



PREVISÃO DO TEMPO