Prefeitura de Barreiras orienta produtores de eventos privados quanto aos cuidados e protocolos sanitários durante o Carnaval










Pelo segundo ano consecutivo, não haverá Carnaval em Barreiras devido ao atual quadro epidemiológico da Covid-19 no país. 

Mas apesar disso, tradicionais blocos carnavalescos, donos de bares e restaurantes realizarão eventos que acontecerão dentro da flexibilização do decreto estadual, que mantém o público de eventos privados em 1.500 pessoas e a capacidade de ocupação dos espaços em 50%. 

Essas medidas são válidas até o dia 2 de março e têm como objetivo cumprir os protocolos sanitários estabelecidos para evitar a disseminação do coronavírus e serão fiscalizadas em Barreiras pelas forças de segurança e Vigilância Sanitária, dentro da legalidade e respeitando os critérios estabelecidos dentro do decreto estadual.

Para orientar e responder às dúvidas dos produtores de eventos, proprietários de bares e restaurantes, a Prefeitura de Barreiras por meio da Secretaria de Saúde e Secretaria de Planejamento, realizou uma reunião na manhã desta sexta-feira (25), na sede da Secretaria de Saúde, onde participaram o vice-prefeito e secretário de Planejamento, Emerson Cardoso, a subsecretária de Saúde, Jamile Rodrigues, o coordenador da Vigilância Sanitária, Canuto Aires, coordenador da Vigilância Epidemiológica, Lucas Andrade, assessora técnica, Maria Mercês, integrantes do SAMU, CEREST e demais coordenadores, representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, CDL, produtoras de eventos e proprietários de bares e restaurantes.

Durante a reunião, foi apresentado o quadro epidemiológico do município desde o início da pandemia, bem como, a forma que será conduzida a fiscalização nesse período. 

“Esse momento foi de orientação, explicação e esclarecimento, já que estamos no período festivo de carnaval, onde apesar de que não haverá o tradicional carnaval de rua, a gestão municipal através da Secretaria de Saúde, se preocupou em orientar esses produtores de eventos para alertá-los sobre o cumprimento dos protocolos de prevenção a Covid-19 estabelecido pelo decreto estadual. 

Vale destacar que estaremos com as nossas equipes nas ruas visitando os locais onde haverão essas festas, com o objetivo de orientar e, se necessário for, de notificar sobre qualquer eventualidade ou não cumprimento das normas estabelecidas. 

Essa fiscalização acontecerá em parceria com a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros”, destacou a subsecretária de saúde, Jamile Rodrigues.


Dircom/PMB 25.02.2022

Blog do Paulo de Souza

ANUNCIE AQUI