Após denúncia, motorista embriagado é preso pela PRF em Luís Eduardo Magalhães (BA)


O teste do etilômetro acusou mais de 3 vezes o valor estabelecido para configurar crime.


APolícia Rodoviária Federal prendeu na tarde deste sábado (12) um homem de 31 anos que estava conduzindo uma caminhonete Fiat/Strada sob efeito de álcool. O flagrante aconteceu na altura do quilômetro 205 da BR 020, em Luís Eduardo Magalhães (BA).

Tudo começou, quando uma equipe da PRF recebeu uma denúncia que uma caminhonete, de cor prata, trafegava de maneira perigosa na rodovia.

Os PRFs se deslocaram para o local informado e, quando chegaram lá, conseguiram interceptar o veículo. Ao se aproximarem para abordagem, os policiais notaram que o motorista apresentava sinais visíveis de embriaguez como fala arrastada, falta de equilíbrio, face ruborizada e olhos avermelhados.

Ele foi convidado a fazer o teste do etilômetro. O resultado foi de 0,98 mg de álcool por litro de ar alveolar, mais de 3 vezes o valor estabelecido para configurar crime. Ressalta-se que a partir de 0,34 o índice deixa de ser infração e passa a se tornar crime de trânsito, sujeito a penalidade de detenção (de 6 meses a 3 anos), multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou habilitação para dirigir veículo automotor.

O condutor da caminhonete foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil local.

A PRF ressalta que dirigir sob influência de álcool, além de ser crime, gera risco para a segurança viária e à integridade física dos usuários das rodovias. Para coibir essa conduta perigosa o órgão mantém fiscalização rigorosa em todas as rodovias federais do país.
Categoria
Justiça e Segurança
Blog do Paulo de Souza

ANUNCIE AQUI