Com dívida de quase R$ 24 milhões, Obras Sociais Irmã Dulce pedem ajuda para evitar fechamento de unidade



 


Funcionários das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), que administram um complexo hospitalar com atendimento 100% gratuito em Salvador, realizaram um “abraço” simbólico em frente à sede da unidade na última sexta-feira (4/3), na Cidade Baixa. 

O ato é um apelo à população, entidades e outras organizações para auxiliar a OSID a sanar a grave crise financeira que pode forçar o fechamento da unidade.

Com um déficit de quase R$ 24 milhões, que podem ser acrescidos de outros R$ 20 milhões até o final do ano, o complexo pode fechar as portas caso não consiga resolver a situação.

De acordo com a superintendente da OSID, Maria Rita Pontes, a crise é resultado dos valores recebidos em razão dos serviços prestados ao Sistema Único de Saúde (SUS), decorrente de um contrato chamado de Plano Operativo.


O documento não possui cláusula de reajuste e o recurso repassado à instituição é o mesmo feito há cinco anos. 

Atualmente, com a alta demanda provocada pela pandemia de covid-19 e o crescimento no valor dos insumos e as demais despesas, o déficit se tornou inevitável.

A gestora informou que sempre foi possível atender a população com poucos recursos financeiros. No entanto, com a situação agravada, a situação está ainda mais difícil. 

Por isso, Maria Rita, que é sobrinha de Santa Dulce, fez um apelo para que o atendimento da unidade não seja ainda mais comprometido.

A OSID realiza uma média de 3,5 milhões de procedimentos ambulatoriais por ano na Bahia e cerca de 23 mil cirurgias em várias especialidades médicas. 

A unidade é referência em atendimento de pacientes oncológicos e atende cerca de 9 mil pessoas com câncer na capital baiana. Todos os procedimentos são realizados gratuitamente.


Além dos trabalhos em saúde pública, a entidade presta assistência à população de baixa renda nas áreas de Assistência Social, Pesquisa Científica, Ensino Fundamental e na preservação e difusão da memória de Santa Dulce dos Pobres, fundadora da instituição.
Como doar

Para auxiliar a instituição, pode ser feita uma doação de qualquer quantia através do pix deuslhepague@irmadulce.org.br. 

Quem preferir, pode também fazer uma doação através do canal disponível no site das obras sociais.
Outras informações podem ser obtidas na Central de Relacionamento com o Doador, pelo telefone (71) 3316-8899.

Fonte _Falagenefax.com

Blog do Paulo de Souza






ANUNCIE AQUI