Prefeitura de Barreiras desafia Poder Judiciário e mantém projeto que corta repasse sindical


Mesmo com a decisão judicial que mantém o repasse sindical ao Sindsemb, o prefeito de Barreiras desafiou o Poder Judiciário e manteve na Câmara de Vereadores, um projeto de lei para cortar o repasse sindical. 

O projeto foi votado e aprovado pelos vereadores na noite desta terça-feira, 15\03, tendo apenas voto contrário da vereadora Carmélia.

Com a decisão judicial favorável ao Sindsemb, se o prefeito continuar a descumprir pagará uma multa diária de R$ 5 mil reais.


“Sabemos que o município tem ciência da decisão judicial, porque já contestou e mesmo assim, manteve na Câmara de Vereadores o projeto de lei para acabar com o repasse sindical. 

Estamos firmes em nosso propósito, sabemos da força que temos, da representatividade e continuaremos firmes na luta”, disse a presidente.

Ascom Sindsemb
Blog do Paulo de Souza

ANUNCIE AQUI



PREVISÃO DO TEMPO