Embasa retira ligação clandestina na rede distribuidora de água em Barreiras




Com o apoio da Polícia Militar, os técnicos da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) retiraram na semana passada, uma ligação clandestina na rede distribuidora de água no bairro Barreiras Norte, em Barreiras. 

Do ponto, localizado ao lado da BA-447, na saída para Angical, a água furtada era direcionada de forma irregular e por meio de instalações improvisadas para uma invasão localizada no distrito de irrigação, se constituindo em risco à saúde da população abastecida no bairro Riachinho.



O gerente regional da Embasa, Marcos Rogério Moreira, reforça que o furto de água neste ponto é recorrente. “A equipe já esteve no local outras vezes e os infratores sempre violam a rede para abastecer de forma clandestina imóveis na invasão. 

Nossas equipes vão continuar inspecionando a rede neste e em outros pontos como forma de reduzir os furtos na rede e as perdas de água no sistema de abastecimento de Barreiras”, afirma.

Em 2022, os técnicos retiraram um total de 38 fraudes na rede distribuidora de água. A Embasa reforça que qualquer intervenção na rede ou no hidrômetro com o intuito de furtar água é qualificada como crime contra o patrimônio, de acordo com o artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cujo parágrafo 3º, ao tratar de furtos, equipara “à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer outra que tenha valor econômico”.

Caso a população identifique alguma ligação clandestina, pode denunciar pelos canais de atendimento ao cliente da Embasa: 0800 0555 195 e Agência Virtual (no aplicativo Embasa para celular ou no site





Fonte ASCOM Embasa.

Blog do Paulo de Souza

ANUNCIE AQUI