Guarda municipal acusado de engravidar menina de 12 anos é procurado pela justiça






Imagem ilustrativa - IstoÉ

Um guarda municipal, de 53 anos, segue sendo procurado após ser acusado de estuprar e engravidar uma menor, de 12 anos, em Riachão das Neves, no Extremo Oeste baiano. 

Segundo o G1, Natanael foi identificado pela própria vítima após a mãe dela perceber que a barriga da menina estava maior.

A mulher procurou o Conselho Tutelar que levou a adolescente para fazer exames, comprovando a gravidez. 

Ainda segundo informações, com a fuga, o acusado violou uma medida condicional, já que estava detido em regime semiaberto desde 2020.

O fato ocorreu após o guarda cometer "atos libidinosos" contra um sobrinho, da mesma idade da menina. 

Ao Conselho Tutelar, a adolescente contou que era estuprada desde janeiro, e que o guarda a ameaçava, inclusive com armas, para que ela não contasse à família.

Outras três jovens, amigas da menina, também teriam sido estupradas pelo acusado. Ainda sobre o caso, os crimes eram cometidos na casa de uma mulher, identificada apenas como "Maria de Lurdes", que recebia pagamentos do guarda para permitir os abusos.

Fonte: Blog Braga/Bahia Notícias.

Blog do Paulo de Souza 

ANUNCIE AQUI