Hospital do Oeste: 16 anos de amor à vida




Desde a sua inauguração, em junho de 2006, o Hospital do Oeste (HO), unidade administrada pelas Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), vem transformando a realidade da saúde na região. Durante esses 16 anos de história, o complexo, localizado na cidade de Barreiras, a 870 quilômetros da capital baiana, já realizou cerca de 6,9 milhões de atendimentos e 68 mil cirurgias, tornando-se a principal referência em assistência hospitalar para os 36 municípios que compõem a macrorregião do oeste baiano e também para outros estados.



O HO conta com urgência e emergência; 300 leitos de internação, incluindo unidades de terapia intensiva e semi-intensiva, e oferece também atendimento ambulatorial em diversas especialidades, a exemplo de Pediatria, Neurocirurgia e Cirurgia Geral. “Estamos muito felizes em completar 16 anos, principalmente por sabermos da nossa contribuição com a qualidade da saúde na nossa cidade. Foram anos de muitas conquistas e sabemos que muitas estão por vir”, afirmou a líder geral do HO, Marina Barbizan.



Dentre as melhorias vivenciadas pelo Hospital do Oeste, destaque para reestruturação do serviço de ortopedia; ampliação dos leitos de enfermaria e do volume de cirurgias; inauguração do Serviço de Hemodinâmica, possibilitando resolutividade dos procedimentos cardiológicos e vasculares; ampliação da UTI Adulto, passando de 10 para 30 leitos e da UTI Neonatal, de 7 para 10 leitos; reestruturação do Centro Obstétrico, transformado em Centro de Parto Normal (CPN) e criação da Casa da Gestante, Bebê e Puérpera. Também está prevista a implantação do Banco de Leite Humano, que ficará atrelado ao Serviço Materno Infantil da unidade.



Mais saúde - Recentemente, O HO passou a contar também com a ala de Oncologia, ofertando tratamento quimioterápico e cirúrgico que vem transformando a vida de muitos pacientes, como é o caso de seu Hamilton de Meira, que se sente grato em poder iniciar o seu atendimento oncológico na cidade que mora. “Completei 63 anos e sei que vou vencer essa batalha. 


Com o serviço de quimioterapia aqui vai ser bem mais fácil, pois estou próximo aos meus familiares e com um serviço de qualidade”.

Fonte - ASCOM Osid
Blog do paulodesouza.digital@gmail.com

ANUNCIE AQUI