Planalto estima que 1 milhão de pessoas participaram do desfile



Assessores dizem que adesão maciça é a maior prova da força eleitoral do candidato Jair Bolsonaro



Depois do discurso de Campanha de Jair Bolsonaro em que, entre outras coisas, atacou a corrupção de governos do PT e desfiou números da economia que lhe são favoráveis, assessores estimaram que entre 800.000 e 1 milhão de pessoas compareceram à Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para acompanhar as comemorações do Sete de Setembro.

O sucesso do evento é considerado uma demonstração de força da campanha à reeleição do presidente, que, ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, discursou há pouco diante da multidão. “Pena que tinha pouca gente”, ironizou o ministro da Casa Civil Ciro Nogueira. 

“Um milhão de pessoas? Mar de gente em Brasília? Obrigado a cada brasileiro que compareceu na Esplanada dos Ministérios nesta manhã! Provamos, mais uma vez, que é possível fazer manifestação pacífica visando um único objetivo: a liberdade da nossa Nação!”, afirmou o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) em uma rede social.




Bolsonaro, que está em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto, criticou os institutos de pesquisa, alfinetou o STF, atacou o ex-presidente Lula – mas, no geral, fez um discurso mais moderado do que a versão de 2021, com direito até a elogios e beijos na primeira-dama. 

O presidente também fez acenos ao público conservador, base de seu eleitorado, e às mulheres, nicho que resiste em votar no mandatário nas eleições de outubro.

As imagens do discurso foram captadas por câmeras da equipe de campanha do presidente. O material será usado nos programas eleitorais do candidato. Oficialmente, a Polícia Militar do Distrito Federal não faz estimativa de público.

ANUNCIE AQUI