PARCEIROS

Covid-19: governador da Bahia anuncia que estado terá 5 mil salas e mais de 50 mil profissionais de saúde na vacinação






Rui Costa anunciou que 50 mil profissionais da saúde atuarão na imunização do estado — Foto: Reprodução/Instagram



O governador Rui Costa anunciou nesta sexta-feira (15), através das redes sociais, que a Bahia terá mais de 5 mil salas de vacina e 50 mil profissionais de saúde envolvidos na operação da imunização contra a Covid-19. A previsão é de que a vacinação comece na manhã da próxima quarta-feira (20).


"Só falta a vacina chegar para iniciarmos a vacinação nos 417 municípios", disse o governador na postagem.


Segundo o governo do estado, a operação terá início com a distribuição de 10,2 milhões de seringas e agulhas que já estão em estoque na Bahia.


Ainda de acordo com a administração estadual, outros 19,8 milhões de seringas e agulhas foram comprados pela Secretaria Estadual da Saúde, para a vacinação após as 4 primeiras fases estabelecidas pelo Ministério da Saúde.




Vacinação em Salvador




Bruno Reis anunciou início da vacinação contra a Covid-19, em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia



O prefeito de Salvador, Bruno Reis, anunciou no início da tarde de quinta-feira (14), após reunião com ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que a vacinação contra a Covid-19 na capital baiana deverá ser iniciada ás 10h de 20 de janeiro.


O plano de imunização em Salvador terá quatro etapas. Na primeira, o público alvo é composto por:



Trabalhadores da Saúde;
População idosa com 75 anos ou mais;
Pessoas com 60 anos ou mais, que vivem em instituições de longa permanência, asilos ou instituições psiquiátricas;
Indígenas, aldeados, povos de comunidades ribeirinhas.




O prefeito detalhou que a capital pode aplicar 100 mil doses por dia e que tem material para a vacinação, assim como os locais de armazenamento.


"Temos a capacidade para atender universo de 100 mil pessoas por dia. Dispomos dos freezers, veículos para distribuição nas unidades de saúde, além de mais de um milhão de seringas e agulhas para aplicação”, afirmou Bruno Reis.


A prefeitura destacou que a vacinação será feita em 9 drive-trhus, 23 centros de vacinação e 73 institutos de longa permanência, além de asilos.


A imunização também será aplicada em instituições hospitalares, nas pessoas que fazem parte dos grupos iniciais de vacinação e estiverem hospitalizadas, bem como nos domicílios, nos casos de pessoas acamadas na mesma situação. Pessoas em situação de rua também serão vacinadas.

G1 Bahia

Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital