PARCEIROS


Fiscalização conjunta entre Prefeitura de Barreiras, Procon e Adab promove o combate a comercialização de carnes clandestinas



Cumprindo determinações do Termo de Ajuste de Conduta do Ministério Público que visa combater a comercialização de carne clandestina em Barreiras em garantia à segurança alimentar da população, a Prefeitura, por meio da Vigilância Sanitária, realizou uma ação fiscalizatória em distribuidoras de carne e nos açougues do Centro de Abastecimento. 

Integraram os trabalhos, equipes da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), Procon, Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Agricultura e Tecnologia.


Durante a ação, que transcorreu das 7h às 14h da sexta-feira (12), médicos veterinários da Adab, Vigilância Sanitária e Secretaria de Agricultura analisaram a carne distribuída e comercializada em diversos estabelecimentos de Barreiras.

A procedência do produto foi o principal critério verificado. “Estes profissionais têm total capacidade para avaliar a origem da carne e identificar se ela é procedente de um frigorífico ou de um abate clandestino”, explica o coordenador da Vigilância Sanitária, Canuto Aires.

As abordagens contaram com orientações e ações educativas junto aos comerciantes, porém, houve também a apreensão de 530 kg de carne por estarem inapropriadas para o consumo, além de aplicação de penalidades. “Seguimos as orientações do Ministério Público e os comerciantes que estiverem agindo de forma irregular serão autuados, com sanções previstas na legislação, que vão desde multas, interdição do estabelecimento até cassação da licença”, explica Canuto.

O produto apreendido foi incinerado em um frigorífico de Barreiras. Esta foi a terceira ação realizada em cumprimento ao Termo de Ajuste de Conduta. A primeira foi no final do ano passado e a segunda, no início deste ano.


Dircom/PMB – 15.03.2021
Blog do Paulo de Souza

Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital