PARCEIROS


Medidas de apoio econômico devem voltar em abril, diz Bolsonaro



O governo deve retomar no mês que vem as medidas de apoio econômico relacionadas à pandemia de Covid-19. O presidente Jair Bolsonaro confirmou, nesta quinta-feira (25), que entre essas medidas está a nova versão do auxílio emergencial.

E Bolsonaro confirmou para abril a reedição de duas medidas: o Pronampe, de apoio a pequenas empresas, e o BEM, que flexibiliza os contratos de trabalho para evitar demissões.

O presidente anunciou, ainda, o adiamento da cobrança de R$ 27 bilhões em impostos por meio do Simples, o regime tributário simplificado. E a antecipação de R$ 50 bilhões relativos à primeira parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas.

Jair Bolsonaro comentou sobre essas medidas durante uma cerimônia no Palácio do Planalto em que a Caixa Econômica Federal lançou um plano de ajuda às Santas Casas.

Edição: Raquel Mariano/ Sumaia Villela /AGÊNCIA BRASIL

Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentário.

Observação: Você é responsável pelo seu comentário.


Compartilhe o Blog: Paulodesouza.digital