Abapa empossa diretoria para o Biênio 2023/2024




Em cerimônia, realizada na última sexta-feira (04), em Luís Eduardo Magalhães/BA, o presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Luiz Carlos Bergamaschi, que foi reeleito presidente da Abapa por mais um biênio (2023/2024), tomou posse do cargo, junto com a diretoria. 

O evento reuniu cotonicultores da Bahia e de outros estados, além de representantes do agronegócio e autoridades. 

Na ocasião, o presidente enfatizou a importância da cadeia produtiva da fibra para o desenvolvimento regional, e da união dos produtores como protagonista das transformações que têm trazido reconhecimento, realizações, assim como desafios para o agronegócio na Bahia. 

Bergamaschi foi reconduzido ao cargo pelo presidente da Abrapa, Júlio Cézar Busato, que o antecedeu no comando da entidade.

Em seu discurso, além da importância da cotonicultura, Bergamaschi lembrou o papel dos produtores rurais brasileiros na produção sustentável e no suprimento de alimentos e algodão para o mundo. 

“O esforço e a dedicação dos nossos agricultores são fundamentais para que o Brasil continue contribuindo para a segurança alimentar de centenas de países, e para que as nossas boas práticas nunca deixem dúvidas sobre a capacidade que temos de proteger o meio ambiente. 

Sabemos que, em cadeias produtivas com excelência técnica, como as existentes aqui no Oeste, os bons resultados da produção não podem ser dissociados do correto manejo dos recursos naturais. 

Então, é nosso dever adotar todos os cuidados e fazer cumprir a legislação que rege o setor. E é isso que temos feito e continuaremos fazer”, declarou.

O presidente disse, ainda, que a Abapa vai continuar investindo em iniciativas de promoção social, em programas de proteção de nascentes, na capacitação e treinamento de colaboradores, na difusão de tecnologia com pequenos e médios agricultores, em obras de infraestrutura.

O presidente da Abrapa, Júlio Cézar Busato, também destacou a importância da atividade para a região Oeste do estado como um todo. 

“Que a nova diretoria dê continuidade aos trabalhos que estão sendo realizados, ano a ano, e que tenham cada vez mais sucesso”, afirmou.


Diretoria Abapa – Biênio 2023/2024

Membros do Conselho Diretor

Presidente: Luiz Carlos Bergamaschi

1ª Vice-presidente: Alessandra Zanotto Costa


2º Vice-presidente: Paulo Almeida Schmidt


1ª Secretária: Patrícia Kyoko Portolese Morinaga


2º Secretário: Paulo Massayoshi Mizote




1º Tesoureiro: Vitor Yuki Dourado Horita




2º Tesoureiro: Douglas Orth



Membros do Conselho Fiscal




1º Titular: Miguel da Cunha Gonçalves Prado




2º Titular: Cezar Augusto Tumelero Busato




3º Titular: Augusto José Montani




1º Suplente: Elisa Zancanaro Zanella




2º Suplente: Renan Luiz Rolim




3ª Suplente: Suzane Mari Piana




Membros do Conselho Consultivo




João Carlos Jacobsen Rodrigues




Walter Yukio Horita




Isabel da Cunha




Celestino Zanella




Júlio Cézar Busato




Arlindo de Azevedo Moura.


Mini currículo - Luiz Carlos Bergamaschi:


Luiz Carlos Bergamaschi nasceu no município de Xaxim, em Santa Catarina. 

Engenheiro Agrônomo, graduado pela Universidade de Federal de Pelotas, mudou-se para a Bahia em 1990, sendo um dos pioneiros a desbravar a então nova fronteira agrícola na região Oeste do Estado. 

A agricultura já era uma tradição de muitas gerações em sua família. Desde a chegada ao cerrado baiano, onde se instalou na região do Rosário, distrito do município de Correntina, acompanhou de perto e atuou para o desenvolvimento agrícola, abraçando o associativismo, por acreditar na força da união dos agricultores na superação dos gargalos do agronegócio. 

Em 2021, tornou-se presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), para o biênio 2021/2022. 

Atualmente, é presidente da Cooperativa dos Produtores Rurais de Rosário, Conselheiro Fiscal e Conselheiro Consultivo da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e de diversos fóruns do agronegócio. 

Ao tornar-se presidente da Abapa, pela primeira vez, em 2021, assumiu também a presidência do Fundeagro, onde permanecerá por mais dois anos

Fonte Assessoria de Comunicação - ABAPA.
Blogueira do Paulo de Souza 

ANUNCIE AQUI